sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Antonio Loureiro, Bernardo Fabris, Maurício Ribeiro e Thiago Nunnes (2005)

Os quatro compositores acabam de lançar o seu primeiro CD, que leva o nome de todos eles. Antonio Loureiro Bernardo Fabris Maurício Ribeiro Thiago Nunnes, ou ABMT, como foi apelidado, é uma clara referência ao antológico disco gravado por Beto Guedes, Danilo Caymmi, Novelli e Toninho Horta, no começo da década de 70.

Ao todo, doze músicas integram o CD, sendo três composições inéditas de cada instrumentista. Apesar das diferentes influências de cada um, ABMT prima por ser um álbum coeso, um documento único que representa parte do recente cenário da música instrumental na capital mineira.

Com formações diversas, que vão do quarteto bateria-baixo-sax-guitarra ao naipe de metais, os compositores contam ainda com a participação de músicos de destaque, como Enéias Xavier, André "Limão" Queiroz, Gustavo Figueiredo e Cristiano Caldas, entre outros grandes nomes da cena musical mineira.

Preço – R$25,00

Faixas
01 - A Tentação do Frei Serapião (Maurício Ribeiro)
02 - Jaco (Thiago Nunnes)
03 - Pedal (Antonio Loureiro)
04 - Giga (Bernardo Fabris)
05 - Ouvido, Cabeça e Barba (Antonio Loureiro)
06 - Qualquer Coisa Tem Cabelo (Maurício Ribeiro)
07 - Chet (Thiago Nunnes)
08 - Miramar (Bernardo Fabris)
09 - Soltando Pipa de Tarde (Maurício Ribeiro)
10 - Valsa (Bernardo Fabris)
11 - Funk 78 (Thiago Nunnes)
12 - Cantando e Andando (Antonio Loureiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário