sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Falcatrua – Urbano (2011)

A banda Falcatrua gravava no Rio de Janeiro seu quarto álbum quando o vocalista André Miglio e o baixista Danilo Guimarães ficaram sabendo que os seus então baterista (Glauco Mendes) e guitarrista (Gleison Túlio) não iriam continuar. Dois músicos, que já tinham uma relação estreita com a banda, foram chamados para ocupar os postos: o baterista Luis Lopes (do Virna Lisi, tocou na primeira formação do Falcatrua) e o guitarrista Léo Lachini (ex-Tianastácia, tinha substituído Gleison em alguns shows do próprio Falcatrua). Só que bateria, baixo e metade das guitarras já haviam sido gravados. “Chico Neves (que produzia o álbum) nos propôs regravar tudo, o que foi muita generosidade da parte dele”, afirma Miglio.

No fim das contas, a mudança foi superpositiva. Urbano, o novo álbum – que será apresentado integralmente na noite de hoje no projeto Esquema novo, parceria do programa Alto-falante, da Rede Minas, com a Fnac – traz uma sonoridade que a banda almejava há tempos. “Com a mudança das peças, pudemos entrar mais na história do rock, deixando a brasilidade surgir naturalmente. Também o encontro com Chico foi imprescindível para que isso acontecesse, pois ele fez sugestões bem sutis em cima da nossa proposta, que traz um som do nosso momento, mais contemporâneo.”

Urbano reúne 10 faixas, todas autorais. Uma parte delas já existia há algum tempo; outra, ganhou corpo durante o processo de gravação, já com os novos integrantes. Pedras rolando, por exemplo, que fecha o álbum, foi finalizada no estúdio, quando a maior parte havia sido registrada. “Houve algumas em que mudamos o arranjo. Não quero ser só era meio reggae, e não havia nos convencido, estava meio largada. Com o Léo e o Luís, ela ganhou corpo, com um trompete no fim. Ficou meio Tarantino, um espetáculo.” A mixagem foi realizada na Inglaterra por Tchad Blake, que traz no currículo trabalhos com Elvis Costello, Peter Gabriel, Dandy Warhols e Pearl Jam. O disco é lançado já com um remix, assinado por Henrique Portugal, tecladista do Skank, da canção Menina. Cheia de groove, até sua letra convida para a pista.

Para um grupo que já flertou com samba, Urbano aponta para outro caminho. O rock é a tônica, mas aqui ele aparece diverso e, o mais importante, atualizado. O Falcatrua está completando sua primeira década. Traz na bagagem três álbuns: Álbum de família (feito em parceria com os grupos Armatrux e Trampulim), Falcatrua pau de arara espacial e Vou com gás, este com versões roqueiras de canções do repertório de Tim Maia. “Acho que, depois de ter experimentado várias coisas, pudemos saber em que funcionamos melhor. E sou um cara muito ligado ao rock and roll, mas minhas maiores referências não eram. Acabei vendo que hoje fico mais à vontade com o rock do que com a MPB, mesmo gostando muito”, conclui Miglio. Depois do showcase de hoje, o Falcatrua pretende fazer show de lançamento completo no inicio de julho.
Mariana Peixoto - EM Cultura

Preço – R$15,00

Faixas:
01 – Urbano – André Miglio e Danilo Guimarães
02 – Por Merecer – André Miglio e Danilo Guimarães
03 – Não Quero Ser Só – André Miglio
04 – Menina – André Miglio
05 – Tudo Termina em Nada – André Miglio
06 – A Vida é Tudo – André Miglio
07 – Paixão dos Asteróides – André Miglio
08 – A Vida é – André Miglio
09 – Eu Vou Pra Você – André Miglio
10 – Pedras Rolando – André Miglio e Danilo Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário