domingo, 17 de julho de 2011

Arion (2001)

O grupo, inicialmente batizado de Magma, surgiu em 1993 na cidade universitária de Viçosa (MG), onde realizou diversos shows, participou de especiais para a televisão e passou a ter um maior respaldo junto ao público, tendo se apresentado também em Belo Horizonte. Já contando com um instrumental refinado, a Banda adquiriu sua identidade atual com a entrada da cantora Tânia Braz, musicista formada em composição pela Escola de Música da UFMG.

O CD apresenta seis composições inéditas de membros da banda e uma releitura da canção "Natureza Mística" do compositor e poeta Thyaga (onde ele próprio canta). Sem dúvida, a voz de Tânia (extremamente talentosa por sinal) e a guitarra de Luciano são os pontos fortes do disco.

O baixo de Carlos é competente (preste atenção nos solos em Freteless). A bateria de Nelson faz a marcação, não ficando no ritmo quadrado todo o tempo e os teclados de Sérgio estão bons, mas em alguns momentos parecem estar um pouco baixos, não comprometendo o resultado final do disco. Prestem atenção também na percussão de Alexandre Reis. Assim como outras bandas, optaram por letras no idioma inglês (e uma apenas no português, no caso "Natureza Mística"). O responsável pela produção foi Gauguin (já tocou no Sagrado e produziu o Skank).

Preço – R$25,00

Faixas
01 - Eyes of Time – Sérgio Paolucci
02 - Daybreak Child – Carlos Linhares
03 - True Love – Tânia Braz
04 - Land of Dreams – Sérgio Paolucci e Bruno Sogno                               
05 - Cosmic Touch – Carlos Linhares
06 - Everyway – Tânia Braz
07 - Natureza Mística – Thyaga

Nenhum comentário:

Postar um comentário