segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Pedro Morais - Vertigem (2013)

"Estou mais roqueiro, fazendo um som cada vez mais visceral", observa Pedro Morais, numa conversa informal em seu apartamento, no bairro Caiçara. Quem ouviu as três primeiras músicas do álbum "Vertigem", disponibilizadas para audição no site Rdio, sabe que Pedro Morais está realmente trilhando novos caminhos sonoros. O violão deixa de ser protagonista e dá a vez para guitarras mais bem trabalhadas, por vezes ruidosas – na medida certa.

A capa do álbum, conferida em primeira mão pela equipe do Hoje em Dia, representa bem a mudança estética do músico. Desenvolvida pela dupla Dante/Juliano da empresa 45 Jujubas, a ilustração indica a ideia de um Pedro mais livre artisticamente, disposto a se aventurar por diferentes linguagens. Há aqui até mesmo a primeira incursão do artista pelo universo do rap, na faixa "Ê Camarada".

"As minhas músicas estão bem mais simples nas harmonias e melodias, e com arranjos mais sujos. Essa sujeira não era meu objetivo, mas apareceu no decorrer do processo", conta Pedro Morais, que desejou desenvolver um álbum mais questionador, contemporâneo e menos apurado tecnicamente que seus dois anteriores, homônimo (2004) e "Sob o Sol" (2009). "Vivemos uma geração que percebeu que toda a limpeza de som que vem sendo feita pode não ser muito benéfica. Um som não muito limpo pode ser mais verdadeiro e humano".

Distribuição
Apontado há oito anos como uma das principais "promessas" da música pop mineira, Pedro tem uma grande oportunidade de conquistar novos horizontes na cena nacional com o bem trabalhado "Vertigem". Produzido por Gustavo Ruiz (irmão e produtor dos álbuns de Tulipa Ruiz), o álbum será lançado pelo selo Oi Música e terá distribuição em todo o país pela Microservice. "Não acredito em gravadora, mas é muito importante saber que o seu disco está sendo bem distribuído".

O contrato com o selo da Oi faz parte da premiação do concurso do Festival Música Pra Todo Mundo (MPTM), em que Pedro foi o segundo mais votado pelo voto popular. Além dele, Nevilton foi escolhido pelo público, enquanto Bárbara Eugênia e Wado foram selecionados por uma curadoria. O contrato prevê a feitura do disco e a realização de um show de lançamento – feito este mês no Oi Futuro carioca, após a divulgação das faixas "Para Repetir", "Liga" e "Bilhete".

Produção está sendo feita por conta própria
Aos 31 anos, Pedro se vê em uma fase bem empreendedora. Após oito anos sendo agenciado pela Cria! Cultura, em 2013 o músico tomou a decisão de produzir sozinho sua carreira. E sabe bem que é possível dar passos largos por conta própria.

O sucesso no concurso da Oi Música, por exemplo, deve-se muito à sua labuta solitária em frente ao computador, sensibilizando os fãs para conquistar votos no difícil certame – ele disputou com 29 artistas bem cotados no mercado da música independente contemporânea, como Do Amor, Transmissor e Manu Santos.

"Todo contato com público pela internet é feito por mim mesmo. Coloco a mão na massa. Já aconteceu de eu ter um show numa cidade de interior e ir uma semana antes para o local para eu mesmo pregar os cartazes", lembra o artista.

A principal preocupação pós-lançamento de "Vertigem" é trabalhar em nome do fortalecimento de sua marca. Ele pretende investir alto em comunicação e criar produtos associados a seu nome, como camisetas, ímãs de geladeira e um disco de vinil.

"Vivemos num sistema capitalista e o trabalho tem que ser viável financeiramente. Vou fortalecer a marca e buscar mais shows no exterior. Acredito que esse disco vai ter boa recepção na Europa", diz.
Por Cinthya Oliveira - Hoje em Dia 

Preço – R$25,00

Faixas:
01 - Para Repetir - Pedro Morais
02 - Liga - Pedro Morais
03 - Bilhete - Pedro Morais e Mário Quintana
04 - Vertigem - Pedro Morais e Francesco Napoli
05 - A Eternizar - Pedro Morais
06 - Nuvem - Pedro Morais, Francesco Napoli, André Miglio e Danilo Guimarães
07 - Curva da Noite - Pedro Morais e André Lima
08 - O Amanhã - Pedro Morais e Magno Mello
09 - Às Vezes Só - Pedro Morais e Magno Mello
10 - O Grão - Pedro Morais e Magno Mello
11 - Ê Camarada - Pedro Morais e Magno Mello
12 - Ê Camarada (Versão Dubwise) - Pedro Morais e Magno Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário